Home / o municipio / História

História

0005

Antiga foto da Praça da Bandeira com autoridades, professores e alunos comemorando a Semana da Pátria. Ao fundo parte lateral da Vila Resende, residência da família Bordallo.

0006

Desfile de Sete de Setembro  vindo da Escola Prado Lopes pela rua de acesso de aeronaves até a Praça da Bandeira, hoje denominada de Rua Jarbas Passarinho, com detalhe o primeiro veículo a chegar em Curralinho para servir o Serviço Municipal de Estrada e Rodagem – SMER, na gestão do prefeito  Raimundo Ferreira Pinho (“Telemaco”)

0048

Avenida Floriano Peixoto e a Praça do Açaí.

O TERRITÓRIO do atual município de Curralinho, está situado no nordeste do Estado do Pará, na zona fisiográfica do Marajó e Ilhas. Primitivamente, fora uma fazenda particular, cujos proprietários dispunham de muitas relações comerciais. Naquela época, o lugar constituía-se num porto de parada obrigatória das embarcações e dos famosos regatões, que subiam o rio.
Pela sua localização e, também, à largueza dos donos das terras, inúmeras pessoas ligadas aos proprietários, para lá se dirigiram, e, em pouco tempo, estava ali formado um núcleo populacional de relativa expressão. Com isso, a localidade prosperou, e, em 1850, adquiriu categoria de Freguesia sob a inovação de São João Batista de Curralinho.
Quinze anos depois obteve categorias de Vila e município, cuja instalação deu-se em 1870.
Em 1856, a Vila então criada teve sua sede transferida para onde, está atualmente erigido o município.
O topônimo de origem portuguesa, é diminutivo de “curral”, com o sufixo “inho”.
Formação Administrativa
Elevado à categoria de vila com a denominação de Curralinho, pela lei provincial nº 479, de 06-03-1865. Sede na vila de Curralinho. Instalado em 12-01-1867.
Elevado à condição de cidade, pela lei estadual nº 324, de 06-07-1895.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município constituído do distrito sede.
Pela lei estadual nº 2116, de 03-11-1922, o município de Oeiras é extinto, sendo seu território anexado ao município de Curralinho.
Pelo decreto estadual nº 6, de 04-11-1930, o município de Melgaço é extinto, sendo seu território anexado ao município de Curralinho.
Pelo decreto estadual nº 78, de 27-12-1930, desmembra do município de Curralinho o distrito de Melgaço anexado ao município de Portel.
Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Curralinho, pela lei estadual n 8, 31-10-1938.
Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Curralinho e Piriá.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 2 distritos: Curralinho e Piriá.
Em divisão territoriais datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Curralinho e Piriá.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.
Gentílico: curralinhense ou curralense.  Fonte: Biblioteca IBGEfrente da cidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pendik escort

pornorokettube
Acessibilidade